27 de jul. de 2019

Palmeiras reencontra rival do jogo do título para se recuperar no Brasileiro

Sete meses depois, equipe enfrenta o Vasco pelo Brasileiro para conseguir a reação.
Felipão volta a enfrentar no sábado o adversário do jogo do título Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Sete meses depois de garantir o título do Campeonato Brasileiro em um encontro com o Vasco, o Palmeiras reencontra o adversário neste sábado, no Allianz Parque, em situação bem diferente à vivida em novembro do ano passado. Em 2018 a partida marcou o título e o ápice do trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari, enquanto a meta para o próximo compromisso será iniciar uma reação.
A equipe amarga a sequência de quatro partidas seguidas sem vitória, a maior dos dois últimos anos. A marca tem como características a queda de rendimento de vários pontos fortes do time campeão do ano passado, em especial a defesa, além de ter permitido o Santos igualar a pontuação.

O Palmeiras chegou para a definição do título com os zagueiros Luan e Gómez em alta. Com os dois em campo, o time não sofria gols no Brasileiro pelas quatro últimas rodadas. Já no momento atual, os dois não evitaram a equipe de ser vazada seis vezes nos quatro compromissos recentes.
Deyverson não vive um bom momento no Palmeiras
Outro personagem desses dois encontros com o Vasco é o atacante Deyverson. O autor do gol do título entrou para a história do Palmeiras pela atuação decisiva no jogo em São Januário, mas agora vive momento ruim. O jogador perdeu a vaga de titular na partida de terça, contra o Godoy Cruz, e não marca desde 13 de junho.

Na partida em novembro, um jogador importante para a estratégia de Felipão atualmente quase não é mais acionado. O volante Jean entrou em campo logo depois do gol da vitória, aos 26 minutos do segundo tempo, para substituir Willian, machucado, e ajudar a segurar o resultado. Neste ano o atleta só atuou três vezes, todas pelo Campeonato Paulista.

Texto e edição - Aldeir Torres Sport
Fonte - Ciro Campos, O Estado de S. Paulo
Imagens - Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Um comentário: