29 de jul. de 2019

Leoas da Serra conquistam a Taça Brasil de Futsal Feminino em jogo emocionante

Título veio após a vitória sobre Taboão da Serra na decisão deste domingo. Repleto de reviravoltas, o jogo teve dez gols, com direito a empate a dois segundos do fim da prorrogação

Em um jogo emocionante e repleto de reviravoltas, as Leoas da Serra conquistaram, neste domingo, o título da 27ª edição da Taça Brasil de futsal feminino. Na decisão, as campeãs enfrentaram a equipe de Taboão da Serra e contaram com um show da cinco vezes melhor do mundo, Amandinha, para vencer o confronto por 2 a 1 nos pênaltis, após 5 a 5 no placar agregado. A Taça Brasil de Clubes era único troféu que faltava na galeria do time catarinense, campeão mundial interclubes este ano.

O torneio foi disputado em Lages, Santa Catarina, entre os dias 24 e 28 de julho e contou com a participação de Telêmaco Borba (PR), CT Sports (MA), Uruguaiana (RS), Female (SC), UCDB (MS), APCEF/ADEF (DF), além das duas equipes finalistas.

Disputada no ginásio Jones Minosso, casa das Leoas da Serra, a final foi intensa desde o início. Com forte marcação na transição ofensiva, as duas equipes contaram com muitas chances de contra-ataque. Em um deles, aos nove minutos de jogo, Amandinha recebeu na ala esquerda, driblou duas marcadoras e tocou na saída da goleira Flavi para abrir o placar.

Mesmo com a desvantagem, a equipe paulista não se acuou, chegou bem ao ataque e só não empatou aos 15 minutos por conta de ótima defesa da goleira Juba. Pouco depois, aos 18 minutos, a goleira não conseguiu impedir o gol de Adrielle, que se posicionou bem no segundo pau e completou o passe da paraguaia Pao para empatar a partida.

Com a igualdade no placar, as jogadoras de Taboão ganharam confiança e voltaram melhor para o segundo tempo. Luana, aos 10 minutos, acertou belo chute cruzado na ala direita e virou para a equipe paulista. A vantagem, porém, não durou muito. Isso porque, em pouco menos de dois minutos, Amandinha recebeu no segundo pau em jogada de escanteio e bateu forte para empatar a partida.

Já nos minutos finais do segundo tempo, Luana aproveitou contra-ataque e bateu no rebote da goleira Juba, colocando Taboão da Serra novamente na frente do placar. Mas logo depois, Amandinha, sempre ela, arrancou na ala esquerda, bateu e, no rebote, Bela igualou o marcador. Com o fim do tempo regulamentar, a partida foi para a prorrogação.

Prorrogação e pênaltis

No início do tempo extra, a final tinha 3 a 3 no placar e mais emoção por vir. Após boa interceptação de Natalinha, Greice derrubou a adversária na área, e a árbitra assinalou a penalidade. Na cobrança, Luana bateu firme e seu marcou seu terceiro gol na partida, o quarto da equipe paulista.

 Texto e edição - Aldeir Torres Sport
Fonte - Liga Nacional de Futsal
Imagem - LNF

Obrigado pela visita! Volte sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário