9 de mar. de 2019

Brasil fica sem medalhas no primeiro dia do Grand Prix de Judô em Marrakesh

Gabriela Chibana e Ítalo Carvalho caíram nas oitavas de final
Gabriela (de branco) venceu a primeira luta, mas foi derrotada por italiana (Foto: Divulgação/Federação Internacional de Judô)
O Brasil não subiu ao pódio no primeiro dia de disputas do Grand Prix de Judô em Marrakesh, em Marrocos. Os dois atletas do País que subiram ao tatame nesta sexta-feira caíram nas oitavas de final em suas respectivas categorias: Gabriela Chibana (48kg) e Ítalo Carvalho (60kg).

Entre as mulheres, Gabriela foi a única a lutar na sexta. E ela até começou bem, ao derrotar na estreia a sul-africana Geronay Whitebooi por ippon. Mas já na segunda luta, não resistiu à italiana Francesca Giorda e caiu após sofrer três punições. O ouro na categoria acabou ficando com a espanhola Julia Figueroa.

Já entre os homens, Ítalo Carvalho decepcionou. Depois de folgar na primeira rodada, ele estreou já nas oitavas diante do francês Walide Khyar e foi superado por um ippon. O ouro na categoria foi para o usbeque Sharafuddin Lutfillaev.

No sábado, último dia de disputa, o Brasil encerrará sua participação com três judocas. Amanda Oliveira (70kg), Jéssica Santos (70kg) e Leandro Guilheiro (81kg) subirão ao tatame em busca de medalhas para o País.

Texto - Aldeir Torres Sport
Fonte - Federação internacional de Judô
Imagem - Federação internacional de Judô

Nenhum comentário:

Postar um comentário