26 de mar de 2018

Pé alto no futebol? Como definir? O pênalti deveria ser marcado ou não?

Treinador Jair orientando os atletas antes do inicio do jogo (Foto - ATS)
Neste domingo, na partida São Benedito 4 x 2 Associação Arizonense, o segundo gol do Arizonense, marcado pelo goleiro Tatá de pênalti, foi reclamado por muitos como “Pé alto”, e se o lance foi fora da área ou não. Nosso site que busca sempre informar da melhor maneira possível aos nossos amigos leitores informa o significado do que é realmente o “Pé alto” no futebol? Teoricamente, na regra isso não existe. E tenhamos cuidado com a terminologia: ergueu o pé ou estar com o pé alto é falta? Claro que não. 

O que existe é erguer o pé numa altura em que exista risco de lesão em outro atleta, e que se costuma chamar de “Jogo perigoso” (inclua-se a chamada Sola nessa categoria). Para isso, o atleta adversário deve estar envolvido no lance, correndo reais riscos.

Imagine só: um jogador ergue a perna na altura do rosto do seu adversário, em disputa de bola. Se não tiver cuidado, atinge-o. Isso é o popular “Pé Alto”. 

Importante: se não atingiu o atleta, marca-se tiro livre indireto. Se atingiu, marca-se tiro livre direto.

Domingo, Luan ver a bola no alto e levanta o pé para tentar tocar a bola antes do adversário me refiro ao jogador Menininho (3) da equipe da Associação Arizonense. O jogador Menininho está na jogada e tem a bola sobe Domínio, mas se assusta com o pé alto do Jogador Luan da equipe do São Benedito, apesar de Luan não conseguir nem tocar na bola, nem no adversário. Como o atleta estava envolvido com atenção na jogada, e tentando disputa-la erguendo o pé na altura do rosto colocando em risco o atleta adversário, neste caso,  vendo e revendo o lance, aí sim deveria se marcar tiro libre indireto. 

- É bom frisar que estou analisando o lance vendo o vídeo, e o árbitro Joarley não têm essa mesma visão privilegiada. Mas acredito que ele tenha marcado o pênalti, porque achou que o jogador Luan atingiu o adversário. 

Texto e edição - Aldeir Torres Sport
Fonte - Site ATS

Nenhum comentário:

Postar um comentário