7 de abr de 2015

Rapidinha do Aldeir.

Campeonato regional Érico Luiz 2015.


Alguns atletas conseguiram se destacar nesta quarta de final do campeonato regional Érico Luiz neste fim de semana e posso citar aqui como os craques desta semana.


Babi – São Judas Tadeu. 


Essa competição deu a maturidade e confiança necessária ao jovem goleiro do São Judas Tadeu, que durante todo jogo passou segurança ao clube e na hora que precisou salvou o clube pau-ferrense de sair de campo derrotado no tempo normal. Média 8,5

Elianto – Aliança.

Vinha atuando como jogador de linha, que na minha modesta opinião não consegue ser nem sombra do Elianto que todos nós conhecemos debaixo das traves, a prova disso, é que se Babi se destacou no tempo normal salvando o São Judas de ser derrotado no tempo normal, com o Elianto foi diferente, depois de falhar no primeiro gol do time, conseguiu com a experiência da à volta por cima e defender o pênalti de André que colocou o Aliança na grande final. Média 7,2


Leonardo – São Judas Tadeu. 

Conseguiu se adaptar as duas funções com relativo sucesso, e na sua posição de origem na lateral direita do clube. Destacou-se mais uma vez nesta quarta de final. O Engraçado que junto com Henrique é a jogada mais forte e ofensiva do clube.  Todos os times sabem desta jogada, mais não conseguem marcar com sucesso. Média 7,1

Naldinho – Riacho de Santana.


Conseguiu ser eficiente na marcação e foi guerreiro dentro de campo quando não conseguia na técnica usou a força de vontade para desamar os seus adversários, mais conseguir ser objetivo na saída de bola do time e em algumas vezes armou o time com personalidade. Média 8,6

Luizinho – Rede Oeste. 


Destacou-se muito nesta competição, apesar de ser baixo para zagueiro consegue suprir muito bem essa desvantagem, com boa colocação e categoria na saída de bola e tem outra grande virtude, o bom passe. Média 7,8


Henrique – São Judas Tadeu. 

Zagueiro que conseguiu votar a se destacar novamente na equipe do São Judas Tadeu, apesar de marcar muito bem, na verdade o jogador se destacou mais pelo seus gols decisivos que foi fundamental e fator crucial para a chegada do clube até está fase do evento. Média 7,4

André – São Judas Tadeu. 


Atuou como volante e mesmo fora da sua posição de origem, conseguiu se destacar e foi muito importante para o clube, e numa e outras conseguiu se sair muito bem se apresentando na frente. Apareceu mais para o grupo e deve ter passado despercebido pela torcida que costumava ver atuando de forma diferente. Apesar que muitos vão criticar após pênalti perdido nesta rodada. Média 7,0 

Jarismar – Aliança. 


Um dos poucos que se destacou do Aliança nesta rodada, não foi o mesmo das partidas anteriores, mais conseguiu se destacar pela sua movimentação e bom toque de bola que minimizou e tranquilizar o time nos momentos complicados no jogo. Média 7,5

Miller – Aliança.


Jogador de um grande potencial, e teve uma atuação um pouco discreta porque o Aliança não fez uma das suas melhores atuações nesta partida, mas o Miller se destacou pelo pênalti cobrado que deu a classificação ao clube de Rafael Fernandes. Se fosse o Faustão narrando à cobrança, com certeza diria Oh loco meu (Risos). Média 7,1

Jordão (Moura) – Aliança. 


Apesar de entrar e sair algumas vezes, até por está longe da sua forma física, mesmo assim apareceu, finalizou e mostrou a velha categoria de sempre com muita frieza em entrar driblando o goleiro Babi e fazer o gol que deu o empate no jogo e levou o time a disputa dos pênaltis. Média 6,7

Leonardo – Riacho de Santana. 


Cobrou dos companheiros mais desempenho e atenção dentro de campo e quando foi adicionado em condições de marcar, fez os dois gols que levou o clube de Riacho de Santana para a grande final do evento. E com os dois gols marcados pelo atacante Leonardo agora entra na briga pela artilharia do campeonato. Média 8,5



Arbitragem – Mikhael e Márcio. 


Destacaram-se porque foram muito competente nesta rodada da quarta de final, e apesar da reclamação por parte da torcida do São Judas, o pênalti foi indiscutível do zagueiro Henrique, e ambos tiveram uma arbitragem acima da média nesta rodada e merecem destaque nesta edição. Média 8,7

Nenhum comentário:

Postar um comentário