20 de jan de 2015

Aldeir Torres - Chuteira do inesquecível Érico Luiz (Pireke) É peça rara

 de museu no quarto e coração do amigo Iure. 

      
Vitima de câncer que infelizmente tirou a vida do jovem Érico Luiz, o amigo Iuri entre tantos amigos que o Pireke tinha, foi o sortudo premiado com a chuteira do craque que recebeu de presente da mãe ainda mais do meu amigo e companheiro de futebol de uma forma do ex-atleta Dona Cleide, não acreditei e não contive de tanta felicidade e foi impossível não notar toda a minha alegria por receber da mãe do atleta algo tão importante para mim dentro do esporte e geral. Dona Cleide ainda perguntou se tinha ficado boa a chuteira.  "Agradeci, mas não consegui falar nada tamanha emoção e felicidade naquele momento". Disse o atleta.


Hoje a chuteira do inesquecível Pireke é praticamente peça de museu no quarto do amigo e atleta Iure Léo, só saindo de lá para momentos especiais como jogos eliminatórios (Mata-mata), semi-final e final que era os jogos que ele gostava de jogar e atuar. 



Iure começou a treinar no Remo sub 20, depois teve problemas com lesão muscular e ficou três meses parado. Teve que começar do zero no Rosário clube que te deu uma oportunidade em futsal contrato apenas de quatro (04) meses que se vence no final de Janeiro de 2015. Em fevereiro o jogador volta à cidade de Pau dos Ferros/RN e segundo algumas informações repassadas ao no nosso site o jogador vai defender as cores do DNT clube do Riacho do Meio do treinador Diogo Silva, neste campeonato regional de minicampo na AABB.


E já que o Iure só usa a chuteira em momentos especiais, nada mais justo do que o atleta estrear e jogar durante todo o evento, com a chuteira do inesquecível Érico Luiz, que será uma homenagem, mais do que justa, aquele que dividiram alegria dentro e fora de campo. Concordam comigo amigos leitores?

Nenhum comentário:

Postar um comentário