27 de jan de 2015

Aldeir Torres - Abrindo o jogo.

Vidraçaria Sousa 04 x 00 Poeirão do Oeste.

Valdineis - Treinador e presidente da Vidraçaria Sousa.

No clássico envolvendo Poeirão do Oeste e Vidraçaria Sousa de Pau dos Ferros, um fato me chamou atenção, o atraso inesperado do clube Oestano. Se o organizador do evento Jeová aplica e deixa prevalecer o que manda o regulamento da competição, o clube pau-ferrense conquistaria os três pontos com um simples W 0, já que o limite máximo de trinta (30) minutos já tinha passado.


Mas o treinador e presente Valdineis, usou o bom senso e resolveu esperar o Poeirão e realizar o jogo, mesmo sabendo que se por acaso, a Vidraçaria fosse derrotada, o mesmo não poderia de maneira alguma questionar do resultado ao final da partida. Querendo ou não, o treinador se bem com a realização do jogo, além de conseguir fortalecer ainda mais, os laços de amizades com a diretoria e atletas do clube de São Francisco do Oeste, com a vitória no W O conseguiria apenas dois (02) gols de saldo, como a vitória foi dentro de campo a Vidraçaria Sousa conseguia vencer com diferença de quatro (04) gols, e se deu muito bem esperando o adversário, e conseguindo a vitória com uma ótima quantidade de saldo de gols.


Falta organização dos clubes já que Maniçoba e São Geraldo poderiam ter influencia para a realização do W O, porque não acontecendo o jogo, no horário marcado, e estando os dois clubes com todos os atletas prontos para o próximo confronto, poderiam realizar a partida antecipado, e num horário bem menos quente do que o horário que foi realizado, mas para que isso viesse acontecer, os dois clubes teria que está pronto para o confronto, coisa que realmente é muito difícil acontecer, quando o assunto é clubes e atletas de futebol amador. 


Agora a atitude do treinador Valdineis (Foto) abre uma pequena discussão, será que qualquer outro clube sabendo do potencial do adversário Poeirão do Oeste, teria a mesma atitude, bom senso e coragem, usado pelo presidente da Vidraçaria Sousa, Valdineis? Sinceramente acredito que não. Tenho quase plena certeza que NÃO e que o W O seria realizado, não importando se o clube estava a caminho ou não do local do jogo, já que não tinha nenhum pretexto nem argumento convincente por parte do clube Poeirão, que justificasse o atraso do clube, para poder tentar impedir que o organizador do evento Jeová, ha não realização do W O. Concordam comigo amigos leitores?

Nenhum comentário:

Postar um comentário