14 de nov de 2014

Aldeir Torres - Reinventando.

Eike Batista está investindo em medicamentos para impotência


Eike Batista está voltando ao mundo dos negócios. Segundo informações do jornal britânico Financial Times desta quinta-feira, a holding do empresário, a EBX, assinou um acordo de 12 milhões de dólares para constituir uma joint venture com uma farmacêutica sul-coreana C. L. Pharm, especializada em medicamentos para impotência.  Procurados, advogados de Eike Batista e EBX não se pronunciaram sobre a parceria. Eike Batista começou as negociações com a C. L. Pharm durante uma viagem para a Coreia do Sul em abril deste ano. De acordo com o livro Tudo ou Nada, que será lançado nesta sexta-feira pela jornalista Malu Gaspar, editora da sucursal de VEJA no Rio de Janeiro, o empresário desembolsou 1 milhão de dólares somente pelos direitos de abrir uma fábrica da farmacêutica no Brasil.


O livro também revela que Eike Batista teria participado de reuniões de negócios com o cientista sul-coreano Hwang Woo-suk, que pretende abrir um laboratório para a clonagem de cães no país. Depois de produzir a primeira clonagem canina do mundo em 2005, Woo-suk foi acusado de falsificar pesquisas de clonagem de células tronco. O cientista não foi encontrado para comentar o assunto. Trata-se da terceira vez que Eike Batista tenta se reinventar no mercado. 


Após colapso de seu império no ano passado, o empresário pretendia criar um fundo de infraestrutura. Mas por causa da falta de interesse de investidores, especialmente de Nova York, decidiu voltar-se para oportunidades nos setores de saúde e de tecnologia na Ásia. “Não quero mais negócios que apenas dependam do governo”, disse o empresário em um trecho da publicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário