21 de mai de 2014

Aldeir Tôrres - Série B: Dragão bate ABC,

vence primeira e vinga eliminação na Copa do Brasil.


Depois de sete partidas e 37 dias, o Atlético-GO voltou a vencer. Com gols de Juninho e Fábio Lima, o Dragão bateu o ABC por 2 a 0, no terceiro confronto entre os dois clubes em duas semanas e quebrou o jejum que durava desde 13 de abril, quando conquistou o Campeonato Goiano sobre o Goiás. Ao time potiguar, coube voltar ao Serra Dourada para levar o troco após eliminar os goianos da Copa do Brasil, na última quarta-feira. Em jogo definido no primeiro tempo, o Atlético-GO se apoiou na eficiência. Se teve poucas chances, ao menos soube aproveitá-las. Já o ABC não conseguiu repetir o ímpeto apresentado na semana passada, quando virou para 2 a 1, e desta vez caiu em Goiânia. O Dragão vai a sete pontos, deixa a zona de rebaixamento e pula, ao menos até o complemento da rodada, para o nono lugar. Já o Alvinegro segue em terceiro com dez, mas ainda pode ser ultrapassado.


Quando Gilmar saiu cara a cara com Márcio, logo aos três minutos de jogo, o ABC teve a chance de repetir o feito da última semana e começar a construir uma nova vitória sobre o Atlético-GO no Serra Dourada. Só que Adriano, zagueiro estreante, apareceu no caminho e tirou a bola praticamente em cima da linha, evitando o gol potiguar. Foi a senha para o Dragão acordar e dar a resposta. Aos sete, após boa triangulação em frente à área, Fábio Lima soltou uma bomba. Gilvan deu rebote, e Juninho não teve misericórdia: 1 a 0. Mesmo sem tanta superioridade, o time goiano conseguiu aumentar a vantagem ainda no primeiro tempo. Se antes Fábio Lima havia parado no goleiro alvinegro, aos 38 não houve chances para o camisa um (01). O meia pegou na veia e acertou um petardo no canto direito da meta. Caprichosa, a bola ainda resvalou na trave antes de morrer nas redes: 2 a 0. 


Na etapa final, o ABC tentou reagir, assim como havia feito no duelo decisivo pela Copa do Brasil. Zé Teodoro promoveu as entradas de Octávio, João Henrique e Lúcio Flávio para deixar o time mais ofensivo. Ainda traumatizado pela virada sofrida na última quarta, o Atlético-GO recuou e passou a administrar o resultado positivo. A postura goiana acabou dando certo, já que, apesar do maior volume de jogo potiguar, Márcio não foi vazado. O Dragão pouco agrediu e chegou a ser dominado em alguns momentos, mas suportou a pressão - o suficiente para quebrar o jejum de vitórias que já durava mais de um mês, para dar ao clube o primeiro triunfo na Série B e para deixar para trás a zona de rebaixamento.

Próximos jogos!

Na próxima rodada, os goianos vão até São Paulo para enfrentar a Portuguesa, sábado, às 16h20, no Canindé. No mesmo dia, os potiguares pegam o Icasa, às 21h, no Iberezão, em Santa Cruz/RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário