22 de abr de 2014

Aldeir Tôrres - Vasco.

Everton Costa deve ficar pelo menos seis meses afastado do futebol!


O atacante Everton Costa, do Vasco, deve ficar pelo menos seis meses sem treinar. O jogador sofreu uma arritmia cardíaca durante a partida entre o clube cruz-maltino e o Resende, na última quarta-feira (16). Um novo exame deve ser realizado dentro de quatro semana para avaliar a evolução do quadro.

O futuro profissional é incerto, mas o atleta receberá alta na próxima terça-feira (22). O jogador segue internado no Hospital Quinta D'or, na capital carioca. Os cardiologistas que acompanham o caso informaram que Everton precisou levar um choque para reverter a arritmia. O problema cardíaco foi causado por um vírus.


O cardiologista Gustavo Gouvêa, contratado pelo Vasco para acompanhar Everton, falou sobre a situação do jogador em coletiva realizada após a estreia do time na série B do Brasileirão, nesse sábado (19).

"O atleta teve uma arritmia cardíaca, o coração bateu muito acelerado, levou ele a passar mal e teve uma convulsão. Isso foi revertido através de um choque para voltar ao ritmo normal. Fizemos uma ressonância que constatou a miocardite, uma inflamação do músculo do coração. O atleta teve um quadro gripal algumas semanas antes, esse vírus que causou a gripe causou também a inflamação no coração. Essa região do coração fica suscetível a desenvolver a arritmia. Afastamos qualquer doença coronariana com os exames, mas nesse momento não dá para falar sobre o futuro dele", declarou.


O técnico Adilson Batista também comentou a ausência do atleta. "Já fui visitá-lo. É o momento de passar conforto ao jogador. Os médicos me alertaram sobre o tempo mínimo que ele vai ficar fora. Vou passar tranquilidade para ele. Everton precisa se recuperar e tem de pensar na saúde. Não dá para ficar lamentando a ausência", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário