3 de abr de 2014

Aldeir Tôrres - Abrindo o jogo.

Flamengo arranca vitória no fim.


O Flamengo foi buscar um empate e trouxe uma vitória de Guayaquil. Sofrida, difícil, mas redentora, levando a decisão da vaga para a fase final da Libertadores para o jogo contra o Leon, no Maracanã.

O time teve atuações distintas nos dois tempos do jogo. No primeiro jogou de igual para igual, sem permitir pressão do Emelec. Aos 9 minutos abafou uma saída de bola adversária na intermediária, Éverton cruzou e o zagueiro Nasuti cortou com a mão a bola que Alecsandro ia cabecear. Pênalti, que Alec-Gol mandou na rede: 1×0.


No segundo tempo Jayme recuou o time, mandando o Flamengo marcar todo atrás da linha da bola e o Emelec partiu para a pressão.  Recife entrou para ajudar Welinton na marcação e acabou errando duas vezes, dando a bola para Caicedo, que sofreu pênalti. Straqualursi empatou 1×1:

Era jogo para Mugni, já que o Flamengo precisava segurar a bola no meio-campo para encaixar um contra-ataque. Mas foi Negueba que entrou em lugar de Éverton. Nos acréscimos Chicão desarmou um ataque equatoriano e meteu a bola na esquerda pro Negueba. Ele levou ao ataque, com a intenção clara de prender a bola no ataque, mas viu Paulinho se mandar para a área do outro lado. Arriscou um passe de cerca de 30 metros e foi milimétrico. Paulinho dominou e marcou o gol da vitória do Flamengo: 2×1.


A vaga está nas mãos do Flamengo, sem depender de outros resultados. Quarta-feira basta vencer o León, no Maracanã e o Flamengo se classifica. A galera vai precisar fazer o seu papel de décimo-segundo jogador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário