19 de mar de 2014

Aldeir Tôrres - Cristiano x Ronaldo.

Qual o melhor Ronaldo do futebol mundial?


Cristiano também é Ronaldo. Os dois gols contra o Schalke 04 se somaram aos outros 412 na carreira e o português alcançou o número de seu xará mais famoso no futebol. Cristiano e Ronaldo Fenômeno tem o mesmo número de gols. Por ter chegado ao auge e se mantido lá por muito pouco tempo, Ronaldinho está, na minha opinião, abaixo dos dois. Com 29 anos e muita potência, o atual melhor do mundo vai além, seguirá quebrando recordes por um tempo e ainda ultrapassará alguns gigantes.

Ter igualado os números do atacante brasileiro coloca Cristiano em um outro patamar. Ele já pode ser comparado ao Fenômeno. A ponto de ter bons argumentos para ser considerado o melhor Ronaldo do futebol. Ainda que por outro lado, o já aposentado Ronaldo também tenha pontos favoráveis.

Vamos lá.

Ronaldo Fenômeno manteve média de gols altíssima antes de começar a se machucar. Em Cruzeiro, PSV e Barcelona a média foi de 0,96. Isso ainda antes dos 20 anos. Depois disso, contusões na Inter de Milão diminuíram sua média para 0,6. A partir de 2002 no Real Madrid, aos 25 anos, Ronaldo já não tinha a mesma força, começou a sofrer problemas de extrapeso e os desafios já não eram os mais altos. Nunca mais superou a média de 0,6 gols por jogo. Em sua melhor temporada (1997) fez 59 gols e na segunda melhor (2003) marcou 45. No geral, a média de gols do brasileiro é superior a do português: 0,67 gols por jogo contra 0,62.

Cristiano Ronaldo parece fazer o caminho inverso. Não surgiu como um fenômeno, mas subiu sua produção gradualmente, melhorando seu nível, aprimorando fundamentos, se alimentando de feitos e metas a serem batidas. Nos seus dois primeiros anos como profissional fez seis gols. Pouco mais que Ronaldo Fenômeno marcou em um jogo só (contra o Bahia) em seu primeiro ano como profissional. Porém, a curva de ascensão do português é clara: 30 gols em 2009 e depois 48, 63 e 69 nos anos seguintes. Estar fisicamente preparado para jogar sempre em 100% é por um lado sorte de não torcer o joelho, mas por outro muito mérito de manter o foco e se preparar para cada partida.

Em termos de conquistas coletivas, Cristiano tem quatro Campeonatos Nacionais, quatro Copas Nacionais, uma Liga dos Campeões e um Mundial de Clubes. Ronaldo Fenômeno ganhou dois Campeonatos Nacionais, três Copas Nacionais, uma Copa da UEFA, uma Recopa Europeia, um Mundial de Clubes e uma Copa do Mundo (Ronaldo também esteve na Copa do Mundo de 94, Copa do Brasil de 93 e Ronaldo na Copa de Portugal de 2002, mas só levei em conta torneios que efetivamente jogaram). Sem levar aqui em consideração também títulos menores como SuperCopas nacionais, estaduais, etc.

Coletivamente o que pode fazer a diferença é a Copa do Mundo, mas que Cristiano, sem um time minimamente próximo do que tem a seleção brasileira, fica sempre mais distante. É justo reconhecer o feito do Fenômeno, maior artilheiro dos mundiais, mas é injusto cobrar desempenho semelhante do rival.

A mim o que parece mais certo é que cada um tem pontos a favor. Não estamos comparando jogadores nota 9 e nota 2. Pensar qual dos dois foi/é melhor é buscar casas decimais em dois notas 9,5.

Pessoalmente, acho Cristiano melhor. Tem um repertório maior. É ótimo no jogo aéreo, chuta muito bem com os dois pés, é muito rápido e forte. Ronaldo tinha a explosão e o improviso. As lesões e o tempo o tiraram isso. Estar sempre bem fisicamente é um mérito do português que não pode ser excluído. Só com muito foco e força mental para se manter anos a fio renunciando do que o mundo lhe oferece para seguir no topo.


Para quem prefere o Ronaldo brasileiro, uma coisa se deve admitir: a pergunta de quem é o melhor Ronaldo pode ter duas respostas, mas não é absurda. E só de Cristiano ter chegado ao patamar de ser comparado ao nosso Ronaldo já é um feito que não há discussão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário