21 de nov de 2013

Rapidinha do Aldeir.

Copa Sul-Americana.

São Paulo 1 x 3 Ponte Preta.

A Ponte Preta deu um gigantesco passo rumo à decisão da Copa Sul-Americana. Jogando com autoridade no Morumbi, venceu o São Paulo por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, fez a sua torcida gritar "olé" como se estivesse no Majestoso e agora pode até perder por 2 a 0 no jogo de volta, na próxima quarta, no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim.

 Para virar o confronto, o Tricolor precisa vencer por três ou mais gols de diferença – por dois de diferença, terá de fazer pelo menos quatro. Se devolver os 3 a 1, o time de Muricy Ramalho leva a decisão para as penalidades. Quem passar do confronto paulista enfrenta Lanús-ARG ou Libertad-PAR na final.

Derrota abala poder de Muricy no São Paulo.


Antes da derrota para a Ponte Preta, a diretoria do São Paulo se sentia praticamente refém de Muricy Ramalho (Foto). Em processo de renovação  contratual do treinador, não se via em posição confortável para contestar possíveis exigências do técnico. Peitar o comandante seria comprar briga com toda a torcida.

Mas a maneira como o time perdeu para a Ponte Preta, após abrir 1 a 0, abala a força do treinador. Os gritos dos torcedores por Luís Fabiano, que estava (merecidamente) no banco de reservas, representaram a primeira grande crítica vinda das arquibancadas na direção de Muricy desde sua volta.

O São Paulo não deve deixar de renovar com o treinador por conta da derrota, mas já não está diante de um técnico com status de incontestável. Já não é tão certo que a torcida defenderá todas as causas de Muricy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário