14 de nov de 2013

Aldeir Tôrres - Flamengo.

Treino de luxo.


O Flamengo fez um treino de luxo contra o São Paulo, em Itu, que não valeu para nada, a não ser manter os jogadores em atividade. O time não teve sequer o trabalho de se empenhar para evitar a derrota, que é uma marca negativa, em qualquer circunstância.

Não vimos em campo o Flamengo dos últimos jogos. Frouxo na marcação, indigente no ataque, displicente em muitas jogadas individuais, o Flamengo acabou castigado, porque o São Paulo pelo menos no segundo tempo quis jogar.

Os principais nomes do Flamengo tiveram atuação abaixo da crítica. Léo Moura, Elias e Hernane, que fizeram diferença em algumas partidas, atuaram muito mal. Isto aliado à conhecida moleza de Carlos Eduardo e André Santos, deu uma péssima receita.

Não é preciso temer em relação à final da Copa do Brasil. A escalação é a mesma, mas a disposição será outra. Mas fica o alerta: treino é treino, jogo é jogo. O Flamengo terá que jogar muito contra o Atlético Paranaense.

O Fluminense  tenta sair do Z4, hoje contra o Náutico.


O Fluminense está à beira de um resultado fundamental que é a vitória redentora sobre o Náutico. O jogo será às 9 da noite, no Maracanã. A chance que o time tem e de tamanha importância, que virou obrigatória, diante do rebaixado Náutico. Vencendo o jogo, o Flu só permanece no Z4 se o Bahia, que tem 39, pontuar diante do Santos, no Pacaembu, as 7 e meia da noite.

Se isso não fosse pouco, o Fluminense estreia o técnico Dorival Junior, o que pela tradição do futebol indica empenho do time para se exibir bem para o novo chefe e dona da escalação. Acredito que o Fluminense ganhará o jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário