8 de nov de 2013

Aldeir Tôrres - Copa sul-americana

A Ponte Preta faz história. O São Paulo aplaude, com todo respeito.

Vélez Sarsfield 0 x 2 Ponte Preta

Em seu primeiro torneio internacional, a Ponte Preta está nas semifinais da Copa Sul-Americana.

Derrotou o poderoso Velez Sarsfield por 2 a 0, com um gol logo no início do segundo tempo, de Elias, aos 3, num contra-ataque mortal, combinado com Rildo, que jogou muito, e outro no fim, com Fernando Bob, com direito a chapéu no goleiro, aos 48.

Depois segurou como pôde, sem maiores sofrimentos, é verdade, até porque o estádio José Amalfitani ficou longe de estar cheio, embora tenha levado uma bola no travessão, aos 40.

Mas o 1 a 1 também lhe servia, assim como qualquer empate com gols, graças ao 0 a 0 do jogo de ida, em Campinas.

Assim, a Macaca enfrentará o São Paulo, com quem jogou três vezes neste ano, sem sucesso.

Empatou sem gols no Morumbi, pelo Paulistinha, em fevereiro, e perdeu as duas parttidas pelo Brasileirão, por 2 a 0 no Moisés Lucarelli , em maio e, em setembro, por 1 a 0, de novo no Morumbi.

Ficou muito bom para a Ponte Preta, e ainda melhor, para o São Paulo, com todo respeito.

Os jogos devem acontecer nas quartas-feiras 20 e 27 de novembro.

Segundo o sítio da Conmebol, o São Paulo faz o jogo de ida em casa e o de volta fora, mas na hipótese de o adversário ser estrangeiro.

Como se trata da Conmebol, sabe-se lá se, entre adversários nacionais, o critério será mantido.

Um brasileiro estará na final e, caso seja campeão, manterá a tradição que vem desde 1999, de ter um time paulista na Libertadores.

Se for a Macaca, mesmo que venha a estar na segunda divisão nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário