15 de out de 2013

Aldeir Tôrres - Política

Partido dos Trabalhadores pode ficar isolado no RN

Pode parecer estranho, o partido da Presidente da República ficar solitário no Rio Grande do Norte, mas é o que pode acontecer, caso a legenda firme o pé em cumprir as alianças nacionais.

Segundo é defendido pelo deputado Fernando Mineiro, o PT potiguar deverá obedecer os acordos do Palácio do Planalto, limitando-se a dialogar no estado com o PMDB, PDT, PSD e demais partidos que apoiam a reeleição de Dilma. Excluídos todos com prováveis candidaturas próprias, como é o caso do PSB.

O deputado petista só não combinou essa determinação com os aliados aqui no estado. É que a ideia não parece ser acatada também por eles, a exemplo do PMDB, o companheiro de chapa nacional, que já declarou não limitar diálogo com nenhum partido no estado – afirmação do deputado Henrique Alves.

A conclusão é simples: Quase ninguém quer deixar de conversar com o líder nas pesquisas de intenção de voto, como aparece o PSB no Rio Grande do Norte. Quase ninguém, porque pelo jeito, o PT sim.

Tendência pode ser confirmada com uma chapa puro-sangue, com o próprio Mineiro disputando o governo e a deputada Fátima a única vaga para o Senado Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário