3 de jun de 2013

ASSU

 prioriza categorias de base, pensando no futuro
A maior aposta do futebol é no futuro'. É assim que está pensando o grupo gestor do futebol do ASSU. O clube implantou um projeto organizado em suas categorias de base e já começa a colher os frutos desse trabalho. O Camaleão do Vale é o time com melhor campanha no Campeonato Estadual sub-18 e também já exportou o volante Romeu para a equipe do Noroeste-SP. 

Em seu primeiro ano realizando um trabalho organizado no Estadual sub-18, o time passou a ser a sensação da competição, que oferece uma vaga na Copa São Paulo para o seu campeão. A Copinha é o principal evento nacional para as categorias de base.

A fórmula para se conseguir esse sucesso foi à implantação de uma estrutura de trabalho, seguindo os critérios básicos para a realização de um trabalho organizado no futebol, estabelecendo como prioridade a disponibilidade de equipamentos para que os profissionais trabalhem tranquilamente. "Garantimos que não deixaria faltar os equipamentos de massagem para o massagista, nem os instrumentos para o preparador físico, nem o material esportivo para a equipe e os outros itens que estabelecemos como fundamentais", comentou o empresário e radialista Lucílio Filho, que idealizou inicialmente o trabalho e forma atualmente o grupo gestor do ASSU, ao lado de Daílson Machado, Joseverton e Toinho da Conpasfal.

Com esse projeto, o ASSU vem crescendo rapidamente nas categorias de base. Já classificado para a semifinal do Campeonato Estadual sub-18, o time irá enfrentar alguma equipe da capital na próxima fase da competição, não temendo a concorrência na disputa da vaga da Copa São Paulo e se prende aos números, para crer no sucesso. "Temos a melhor campanha da competição e uma garotada boa e que está querendo. Por isso, não temos motivo para não acreditar no sucesso do nosso trabalho, que vem sendo bem feito", declarou Lucílio.
Romeu - Volante

Além de obter essa classificação, o ASSU conseguiu exportar o volante Romeu(Foto), capitão da equipe, para o Noroeste-SP.O jogador realizou um período de testes na equipe e foi aprovado. A pedido da diretoria do Camaleão, o jogador retornou ao Rio Grande do Norte para terminar o Campeonato Estadual sub-18 e retornará ao Noroeste em seguida.
Destaques locais  formam o Alviverde

O projeto de se realizar um trabalho de categorias de base surgiu através do grupo gestor do ASSU. O grupo idealizou a formação de um trabalho consistente de base, utilizando como base os destaques dos campeonatos da Liga Açuense de Desportos (LAD). O grupo convidou para o técnico Damião de Bia, que realizou um belo trabalho de recuperação com a equipe profissional do ASSU no Campeonato Estadual. O treinador se dispôs a fazer um trabalho de forma voluntária e a exigência única foi à formação de uma estrutura que permitisse a realização de um trabalho com profissionalismo. 

O grupo gestor convenceu diversos empresários da cidade sobre a importância do projeto e atendeu as exigências do treinador. A partir daí, outros profissionais de qualidade também se agregaram a esse projeto de forma voluntária, como o supervisor Carmésio Cabral, o massagista Wilson e o preparador físico Pedro Júnior. Com toda a estrutura montada, Damião selecionou os principais destaques do Campeonato sub-18 da LAD e formou a equipe para a disputa do Campeonato Estadual da categoria, que classifica o campeão para a Copa São Paulo, principal competição do país de categorias de base. O treinador também selecionou jovens talentos das cidades de Janduís, Fernando Pedroza, São Rafael, Ipanguaçu, Guamaré e Lajes. O grupo gestor credita também na força do povo assuense como fator fundamental para o sucesso obtido, já que as pessoas mostram interesse em ver o nome de Assú em destaque no futebol. 

O empresário Lucílio Filho conta, inclusive, que não teve dificuldades de conseguir patrocínios para esse trabalho. "Nenhuma porta que eu fui me disse não. Isso é feito muito grande porque o que nós vemos em outros locais são as pessoas realizando o trabalho sem qualquer apoio. Em Assú, é o contrário, graças a Deus, as pessoas me procuram perguntando como podem ajudar. Isso me dá a certeza de que o trabalho está sendo bem feito", elogiou. 

2 comentários:

  1. O melhor repórter e comentarista que conheço no RN, fala de esporte com muita categoria e precisão, sem média pra ninguém e com total domínio do assunto, e outros inventam mais sempre com interesse políticos, puxando a sardinha para o lado do seus candidatos. por isso tem tanto acesso o blog do Aldeir. Carlos - Mossoró

    ResponderExcluir
  2. Aldeir vc vem para Currais Novos realizar a cobertura do evento bom de bola aqui, se vier amigo seja muito bem vindo, tanto você como a equipe de Pau dos Ferros/RN. vi as imagens e matéria em Venha-Ver e ficaram ótimas. Parabéns e faça o mesmo trabalho aqui também tá? Paulo - CN

    ResponderExcluir