2 de jun de 2013

Aldeir Tôrres

Flamengo reage e empolga. Botafogo vence e Vasco perde
O Flamengo fez um primeiro tempo de chorar, na Arena Joinville, diante do Atlético-PR e saiu perdendo de apenas 1 a 0, gol de Éderson. Na fase final, Renato Abreu entrou e deu uma arrumada no time. Paulinho, atacante que barrou Rafinha, foi para a a lateral e Léo Moura, com atuação para ser esquecida vazou. O time foi outro, organizado, ousado, diferente. E Jorginho colocou Rafinha e tirou Léo Moura, com péssima atuação.

Mesmo no momento em que estava melhor, e muito, a sorte não foi parceira do Mengão. O Atlético fez 2 a 0, com o mesmo Éderson, e parecia que a casa tinha caído e babado tudo. nada disso. O Flamengo se reinventou e foi mais agressivo, e Jorginho se redimiu dos erros iniciais e consertou o time de vez.

Marcelo Moreno, de cabeça, diminuiu e Renato Abreu empatou logo a seguir. o 2 a 2 foi bom pela circunstância em que a derrota já se desenhava. O Flamengo mostrou que não se pode jogar a toalha e insistir, é preciso, até pelo fato de a pontuação, em três (03) jogos, estar baixa. São apenas dois (02) pontos somados nos confrontos diante do Santos, Ponte Preta e Atlético-PR 
Já o Botafogo, derrotou o Cruzeiro por 2 a 1, em Volta redonda, com dois (02) gols de Lodeiro e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, somando sete (07) pontos e tendo enfrentado três (03) rivais de peso: Corinthians, Santos e Cruzeiro.
O Vasco repetiu seus erros e voltou a demonstrar a necessidade imperiosa de montar no nível de suas tradições. Com isso que aí está, ganhou da frágil Portuguesa e sofreu duas derrotas seguidas. Tais pontos no vermelho, serão importantes lá no fim da competição. É bom abrir o olho enquanto é tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário