5 de mai. de 2013

Copa escolar, Bom de bola

Pau dos Ferros 1 x 0 José da Penha

O jogo

Não foi a partida que o torcedor pau-ferrense esperava, mas venceu por um (1) a zero (0), e isso no momento é o que importa para a comissão técnica, e os atletas de Pau dos Ferros, a vitória e a passagem à próxima fase do evento.

O clube deu uma melhorada no setor do meio campo, e com isso, o jogo em si, foi muito equilibrado, agora o que nenhum torcedor contavam, era com a falha lastimável do goleiro Lucas, que o atacante Pabulo, oportunista aproveitou e abriu o placar para o clube pau-ferrense. Mas mesmo dentro desse equilíbrio, porque os clubes jogam de maneiras parecidas, o que mudam é a postura tática, nos primeiros trinta (30) minutos, o treinador Cléber do José da Penha entrou no tradicional 4 x 4 x 2. Enquanto o treinador João Eudes, jogando em casa iniciou no formado, 4 x 3 x 3. Ou em outras palavras, três atacantes, com um dos jogadores, na maioria das vezes o Toquinho voltando para ajudar o meio campo, e nos trinta (30) minutos finais, as posturas táticas se inverteram.

Mas com bola rolando, o que se viu mesmo, foi um jogo troncado, com um toque de bola, mais que não chegavam a incomodar ambos os goleiros, só para vocês amigos internautas ter uma ideia do que estou falando, as principais chances de gols, surgiram simplesmente em cobranças de faltas, elaboradas por Nathan do José da Penha, que não estava com o pé calibrado, porque se estivesse, com certeza teria complicado as coisas para o goleirão Vitor Hugo do clube Pau-ferrense, e em cobranças elaboradas pelo atacante Ezequiel (O Toquinho) que obrigou o goleiro Lucas a praticar uma defesa monumental, salvando o que seria o segundo gol do clube pau-ferrense.

E fora essas jogadas que iniciaram com bola paradas, o clube de José da Penha, mesmo com boa movimentação, mas falta ao clube um jogador de referência para levar essa bola até o ataque, como também um atacante matador, para poder definir as jogadas dentro da área, a prova disso, é que o goleiro Vitor Hugo, não praticou nenhuma deseja durante todo a partida, enquanto o clube pau-ferrense conseguiu chegar ao gol adversário, e ambas oportunidades foram desperdiçadas pelo atacante Toquinho, e teve uma amigo que entrou ele e o goleiro Lucas, e o mesmo finalizou mal, e o sistema defensivo aliviou.

Tudo bem, que o clube pau-ferrense jogou com o regulamento de baixo do braço, e conseguiu o intuito dentro do que desejava, mas o atacante Toquinho precisa abrir o olho, porque a competição vai se afunilando, e o clube pau-ferrense, vai encontrar adversários pelo frente, com poder de fogo melhor, que os clubes que enfrentaram até esse exato momento, e o Ezequiel não pode ficar desperdiçando oportunidades claras de gols, como o mesmo vem perdendo, se o clube pau-ferrense quiser continuar conquistando seus objetivos dentro da competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário