6 de mai de 2013

Aldeir Tôrres

Botafogo campeão carioca - 2013
O Botafogo conseguiu seu vigésimo Campeonato Carioca em alto estilo, neste domingo, em Volta Redonda, ao derrotar o Fluminense por 1 a 0, gol de Rafael Marques, aos quarenta e um (41) minutos de jogo.

A partida começou tensa e bruta, mas os ânimos foram serenados no andamento do confronto decisivo. Valia o título da Taça Rio, e o Fluminense precisava ganhar para jogar contra o próprio Botafogo, já Campeão Taça Guanabara. Mas deu Fogão, de novo. E com os turnos e duas taças, o alvi-negro levantou mais um campeonato, e está com 15 jogos de invencibilidade.

Time de campanha invicta, e com nove (9) vitórias em nove (9) jogos e 100% de aproveitamento. O Botafogo ganhou tudo e ganhou com merecimento reconhecido. E foi um (1) a zero (0) mas poderia ser mais. Rafael Marques já havia marcado um gol legal, que a bandeira sinalizou para o árbitro como ilegal por impedimento que não houve, ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, o Botafogo jogou ainda mais que no primeiro tempo, e fez outro gol anulado, agora com Dória, mas que árbitro deu pênalti ignorando-o a lei da vantagem. Na cobrança de Seedorf a bola estourou no travessão. Bolivar também fez o seu, mas estava impedido, de fato. Aí a arbitragem acertou.

Aliás a atuação de Marcelo de Lima Henrique, rigorosa, desde o início, evitou um tumulto que poderia comprometer a decisão, já que nos primeiros momentos os times estavam distribuindo pancadas. Ele distribuiu cartões e conteve a onda de violência.

Embora o Botafogo tenha sido melhor em campo, o Fluminense mostrou capacidade de conclusão e só não fez gol por causa das intervenções extraordinárias do goleiraço Jefferson. Que desempenho teve o goleiro do Fogão!

Acho que não há o que discutir. O Botafogo ganhou os dois turnos, sendo o returno com vitória em todos os jogos, portanto merecidíssimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário