29 de abr. de 2013

Aldeir Tôrres

Os melhores na final

Botafogo e Fluminense passaram feito rolos compressores sobre Resende e Volta Redonda e vão fazer a final da Taça Rio. Que pode até ser a final do campeonato carioca, se o Botafogo vencer ou se houver empate.

O equilíbrio entre os dois times é tão grande que nem mesmo a vantagem do Botafogo chega a ser considerável, haja vista o exemplo do próprio Botafogo, que ganhou a Taça GB jogando duas vezes em desvantagem, contra Flamengo e Vasco e venceu. O Flu precisará, para ser campeão, vencer o Botafogo pelo menos duas vezes.

Tanto o Botafogo quanto o Fluminense terão desafios que atrapalharão o foco na decisão: o Flu na Libertadores, contra o Emelec no Equador e o Botafogo na Copa do Brasil, contra o CRB em Maceió. Até nesse aspecto a igualdade aparece, embora o grau de dificuldade do tricolor seja maior.

No quesito desfalque o Flu pode se queixar mais, por estar sem Fred. Mas o time está aprendendo um modo de jogar sem ele, Abel conseguiu encaixar um esquema de ataque sem o homem de referência e Rafael Sóbis está subindo de produção. Por seu lado Osvaldo conseguiu entrosar Rafael Marques e o atacante tão questionado parece render bem para o time.

Qualquer prognóstico será mero palpite. O concreto é que Botafogo e Fluminense confirmaram as previsões do início da temporada de que eram os favoritos a a fazer sucesso na temporada. Um deles ganhará o primeiro título, de campeão carioca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário