20 de mar de 2013

Vasco

Após derrota na estreia, clube tenta se reabilitar contra o Nova Iguaçu

Depois de estrear na Taça Rio com derrota para o Volta Redonda por 1 a 0, em São Januário, o Vasco volta a campo nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no estádio Raulino de Oliveira, para enfrentar o Nova Iguaçu. Após o tropeço no primeiro jogo, o discurso dos jogadores é de foco total para não agravar o clima no clube. A situação não é das melhores porque o Cruz-Maltino vem também de um revés na final da Taça Guanabara para o Botafogo e só a vitória deixará o clima mais ameno.

A ausência de Dedé, que está na seleção brasileira, é uma perda considerável. O próprio técnico Gaúcho lamentou que não poderá contar com o capitão do time. Na última atividade antes da partida, nesta terça-feira, em São Januário, o treinador fez uma atividade para aprimorar a posse de bola e a marcação sob pressão ao adversário. A ideia é dominar o jogo desde os primeiros minutos para não ser surpreendido.

Lanterna da competição, o Nova Iguaçu já encara a partida como uma final, mesmo a seis rodadas do fim do returno. Com apenas cinco pontos no geral, os jogadores sabem que precisam começar a tirar pontos dos grandes para escapar do rebaixamento. O clima é de confiança na superação, mas a comissão técnica admite a necessidade de trabalho psicológico para evitar uma sequência de maus resultados. No início da semana, o atacante Maycon, artilheiro do time no estadual de 2011, com seis gols, foi recontratado, mas ainda não vai estrear.
O árbitro da partida será Leonardo Garcia Cavaleiro, auxiliado por André Roberto Silveira e Thiago Henrique Farinha.

Escalações

Nova Iguaçu

A derrota para o Friburguense, na primeira rodada da Taça Rio, não deve provocar grandes mudanças na equipe. Com poucas opções no elenco, o técnico Leonardo Condé pode repetir a formação, que seria a seguinte: Jefferson; Belarmino, Leonardo, Sílvio e Uallace; Filipe, Léo Salino, Rodrigo Souza e Dieguinho; Talles Cunha e Vinicius.

O atacante Flávio permanece recuperando-se de lesão. Os atacantes Maycon e Sylvestre, recém-contratados, ainda não estão inscritos na Federação de Fiutebol do Rio.

Vasco

A equipe terá apenas uma mudança em relação à derrota por 1 a 0 para o Volta Redonda. Como Dedé está na Seleção, André Ribeiro fará dupla de zaga com Renato Silva. A provável formação cruz-maltina para esta quarta-feira é Alessandro; Nei, André Ribeiro, Renato Silva e Wendel; Sandro Silva, Pedro Ken, Dakson e Carlos Alberto; Eder Luis e Romário.


O principal desfalque do técnico Gaúcho é Dedé. Yotún também não joga, já que foi convocado para a seleção peruana. Além deles, Tenorio, em recuperação de um problema na panturrilha esquerda, e Leonardo, que está com tendinite no tendão dos dois pés, estão fora. O lateral-esquerdo Thiago Feltri, com dores no joelho esquerdo, também não fica à disposição. Com o joelho operado, o zagueiro Rodolfo ficará um longo período inativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário