12 de mar de 2013

São Caetano

Jobson deixa delegacia e volta a hospital; atacante nega agressão

Jobson deixou a delegacia sede de São Caetano na manhã desta terça-feira após passar a madrugada respondendo acusação de tentativa de agressão feita por Thayne Bárbara, mãe de seu filho. O atacante do São Caetano seguiu para um hospital da cidade, já que o corte que sofreu no braço durante a discussão com Thayne foi profundo e ele precisou refazer os pontos.

Segundo o advogado de Jobson, Paulo Ramalho, no Boletim de Ocorrência não constará agressão, “apenas” a tentativa. Ramalho disse que Jobson e Thayne discutiam na área da piscina da casa do jogador, quando ele escorregou e caiu sobre um vidro, sofrendo o corte.

No entanto, Thayne havia dito anteriomente que Jobson se machucou ao tentar arrombar a porta do cômodo onde ela se escondeu, de acordo com informação do jornal Folha de S.Paulo.

Na saída da delegacia, o atacante avisou que não daria entrevista sobre o tema, mas alegou que não houve agressão e argumentou que apenas se machucou ao cair, reforçando o discurso do advogado.

Paulo Ramalho também declarou que Jobson e Thayne Bárbara nunca foram casados e que ela mora em Brasília, mas visita o jogador com frequência para que ele veja o filho.

O São Caetano informou que não se pronunciará sobre o caso, já que se trata de um fato da vida pessoal do atleta, ocorrido em horário de folga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário