23 de mar de 2013

Eliminatórias - América do sul

Com show de Messi e Higuaín, líder Argentina faz 3 a 0 na Venezuela

- Vou morder os tornozelos dele!

O aviso em tom de ameaça foi do venezuelano Tomas Rincon a Lionel Messi, antes do jogo pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014. Pobre Rincon... Vai voltar ao seu país com indigestão. Ele não mordeu, mas segurou, agarrou, chutou, deu cotovelada... E nada adiantou. Messi brilhou mais uma vez, foi protagonista da vitória da Argentina por 3 a 0, e chegou a oito gols na competição.

Antes da partida, o camisa 10 recebeu uma placa no centro do gramado do Monumental de Nuñez. Homenagem ao feito de ser eleito por quatro vezes consecutivas o melhor jogador do mundo. Quando o árbitro deu início ao jogo, a recepção foi muito mais dura. Os jogadores da Venezuela, especialmente Rondon, não aliviaram. Mas só mesmo fisicamente houve equilíbrio no duelo particular entre eles. Na bola, larga vantagem para o argentino do Barcelona.

A assistência para Higuaín e o gol de pênalti, mal marcado pelo peruano Victor Carrillo depois que Cichero desviou de ombro uma jogada armada pelo próprio Messi, decidiram o confronto já no primeiro tempo. A etapa final apenas coroou o entrosamento da dupla, que, mesmo sem a disposição dos primeiros 45 minutos, brilhou outra vez.

Líder com 23 pontos, a Argentina vai encarar a altitude de La Paz na próxima terça-feira, em duelo contra a Bolívia. A Venezuela, sexta colocada com 12 pontos, e fora da zona de classificação para a Copa do Mundo do Brasil, terá mais um compromisso muito complicado. Também na terça, receberá a Colômbia, vice-líder da competição, e embalada pela goleada por 5 a 0 sobre os bolivianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário