24 de mar de 2013

Campeonato carioca

Na estreia de Jorginho, Flamengo empata e não escapa de vaias 

Engenhão

 Boavista 0 x 0 Flamengo

Não foi a estreia que a torcida e Jorginho imaginavam. O novo treinador do Flamengo, que voltou ao clube 24 anos depois de sua última passagem como jogador, já percebeu o descontentamento da torcida em forma de vaias após o empate sem gols com o Boavista, na noite deste sábado. Diante de um público de 4.171 pagantes (6.203 presentes) no Engenhão, o treinador viu uma equipe afoita, insistindo no chuveirinho, sem conseguir executar o que o comandante mais cobrou durante os treinos da semana: a tranquilidade com a posse de bola. A renda do jogo foi de R$ 113.650.

O resultado foi ruim para os dois times, já que foi só o primeiro ponto conquistado por ambos no Grupo B da Taça Rio e os manteve dividindo a penúltima posição da chave. Mas para o Boavista não foi motivo de lamentos. Desfalcado de cinco jogadores - os titulares da zaga, Gustavo e Jorge Felipe, suspensos, além do trio que estava vetado por ter vínculo com o Fla, formado pelo lateral-direito Everton Silva, o zagueiro Marllon e o atacante Erick Flores -, o time se comprometeu a defender e o fez com eficiência.

- Temos que nos preocupar, sim. Não foi por falta de tentativa. Precisamos ser mais agressivos, senão não faremos o gol. Teremos o jogo da quarta-feira para nos recuperarmos - afirmou o lateral-direito Léo Moura.

A partida de quarta-feira será contra o Bangu, às 22h (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Já a equipe de Bacaxá entra em campo no dia seguinte para enfrentar o Audax, às 16h, em Moça Bonita.

Confira os resultados da 2ª rodada

Grupo A

Moacyrzão
Quissamã 0 x 0 Olaria

Grupo B

Trabalhador
Resende 2 x 1 Macaé

Moça Bonita
Audax Rio 1 x 1 Bangu

Raulino de Oliveira
Duque de Caxias 0 x 0 Fluminense

Engenhão
Boavista 0 x 0 Flamengo

Nenhum comentário:

Postar um comentário