22 de fev de 2013

Revista Time

Pelé, Neymar e o valor econômico do Brasil mundo afora, do pasquim à Time

No próximo dia 3 de março a respeitada revista Time completará noventa anos de história. Fundada nos Estados Unidos, a publicação ganhou versões na Europa, na Ásia e na América Latina, com capas exclusivas.

A circulação semanal nos EUA é de 3,2 milhões de exemplares.

Baseada em Nova York e com Richard Stengel como chefe desde 2006, a revista acaba de surpreender ao expor Neymar na sua capa, na versão do Velho Mundo.

A comparação com Pelé não poderia ser menos oportuna neste momento, com a polêmica entre o empresário do midiático jogador e o Rei do Futebol sobre o rendimento do craque do Santos.

No entanto, o texto assinado por Bobby Ghosh trata de outro viés, tentando explicar o crescimento econômico do Brasil num paralelo com a carreira de Neymar, com a visibilidade favorável gerada pelo atacante ao país mundo afora, fora do esporte.

Sobre futebol propriamente dito, Neymar será o próximo Pelé? Não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário