15 de fev de 2013

Randy Couture

Sem emprego no UFC, membro do Hall da Fama revela sacanagem de chefão
A relação entre Randy Couture e o UFC não está mesmo boa. Depois de assinar contrato para trabalhar no reality show do evento concorrente, o Bellator, o “Capitão América” perdeu a paciência e relevou bastidores da “sacanagem” feita contra ele por Dana White.

De acordo com o Hall da Fama do UFC em entrevista ao programa Sirius XM Fight Club, o presidente do evento teria se negado a conversar sobre um possível cargo na organização que pudesse ser exercido pelo atleta, assim como foi ofertado a Chuck Liddell.

No entanto, de acordo com Couture, ele foi ignorado pelo chefão diversas vezes, mesmo após ser alertado da proposta do evento concorrente que, uma vez concretizada, o fez perder o juízo.

- Dei ao UFC e ao Dana diversas oportunidades para me usarem de forma significante desde que me aposentei. Mas eles agiram como se estivessem me fazendo um favor me dando quatro eventos por ano para eu comentar. Tentei ter um papel importante na empresa e os avisei da oferta que estava chegando.

No fim da entrevista, Couture mencionou que quem se deu bem com essa briga toda, já que Matt Hughes, outro membro do Hall da Fama, recebeu uma oferta irrecusável para trabalhar no UFC dias após a discussão com Dana White.

- Mesmo assim, uma semana depois, após meu novo contrato vir à tona, o UFC deu um cargo significante a Matt Hughes. Francamente, isso foi uma tremenda sacanagem da parte do Dana. E essa foi exatamente a intenção dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário