23 de fev de 2013

Vôlei

Natália vira alvo, Osasco vence no tie-break, mas Rio termina na ponta
Natália chegou a Osasco com uma certeza: voltar a jogar no José Liberatti, agora do outro lado da rede, não seria fácil. E não foi. Com cartazes espalhados pelas arquibancadas, a ponteira foi o alvo da torcida da casa durante toda a noite de sexta-feira. A pressão funcionou. Mal em quadra, a jogadora não conseguiu ajudar o Rio de Janeiro no clássico contra seu maior rival. Com Jaqueline, Fernanda Garay e Adenízia inspiradas, Osasco se recuperou de um início ruim, segurou a reação das cariocas e venceu por 3 sets a 2, parciais 27/25, 25/23, 30/32, 23/25 e 17/15, em três horas de vôlei da melhor qualidade.

Apesar da vitória, o Osasco viu escapar entre os dedos a liderança da Superliga. Como precisavam dos três pontos para tomar a ponta da tabela do Rio de Janeiro, as paulistas fecharam com 44 pontos, enquanto as rivais terminaram com 45. O time de Bernardinho, então, enfrenta o Rio do Sul, oitavo colocado, nas quartas de final. 

O primeiro duelo será já nesta terça-feira, às 21h, no Maracanãzinho. O Osasco, por sua vez, encara o Minas, sétimo, às 18h30m, no José Liberatti, no mesmo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário