18 de fev de 2013

Medo de suicídio

pode pesar na decisão sobre fiança de Pistorius
 Nesta terça-feira, Oscar Pistorius passará por mais uma etapa do processo investigativo sobre o assassinato da modelo Reeva Steenkamp. Preso desde quinta-feira, 14, suspeito de matar a namorada, Pistorius deixará a delegacia de manhã cedo e será escoltado até a Corte, onde pedirá o direito de responder o processo em liberdade provisória. O juiz pode demorar para tomar sua decisão e, caso não acate o pedido, o corredor ainda poderá apelar em outras instâncias. De acordo com um advogado criminalista sul-africano, o estado psicológico do paratleta pode pesar na decisão.

- Há muita preocupação com o estado psicológico dele e a possibilidade de ele talvez tentar um suicídio. É algo que a Corte, sem dúvida, vai levar em consideração - disse Eddie Classen.

 O biamputado vai questionar na justiça o indiciamento por assassinato premeditado da namorada. Ele quer o direito de pagar a fiança para encerrar o confinamento que já dura quatro dias. A dúvida está em torno da estratégia usada pelos advogados de defesa para explicar como a modelo foi encontrada morta na casa de Pistorius. Voltar a competir não está nos planos neste momento, como revela o empresário Peet Van Zyl.

- Nós sentimos que é do interesse de todos cancelar a participação dele nas provas, especialmente nas competições que já estavam agendadas, e deixá-lo focar nas dificuldades que estão pela frente - afirmou o empresário de Oscar Pistorius.

 As especulações sobre a brutalidade do assassinato ganharam força no final de semana após um jornal local garantir que um bastão ensanguentado foi encontrado na mansão de Pistorius e a modelo, que estaria com o crânio esmagado, teria tentado se esconder no banheiro onde foi executada. O tabloide britânico "The Sun", que havia publicado a confissão de Pistorius a um amigo logo após os disparos, divulgou nesta segunda que esteroides anabolizantes foram encontrados na mansão do paratleta.

Outro fato que vem chamando a atenção é a maneira como o corredor esconde o rosto ao se deparar com o público e a imprensa. Essa atitude também está colocando sua versão dos fatos em dúvida. O que todos se perguntam é o por que de alguém inocente esconder o rosto, principalmente porque Pistorius é uma personalidade importante da África do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário