28 de fev de 2013

Libertadores

Em silêncio, timão vence Millonarios uma semana após tragédia

Pacaembu

Corinthians 2 x 0 Millonarios

Para um clube que considera a torcida seu maior patrimônio é no mínimo estranho atuar em um estádio vazio. Talvez por isso a punição da Conmebol ao Corinthians pela morte do boliviano Kevin Espada, de 14 anos, atingido por um sinalizador disparado pela torcida alvinegra na semana passada, na Bolívia, tenha irritado tanto o Timão. Mesmo assim, quatro torcedores, dos nove que conseguiram liminar na Justiça, testemunharam a vitória por 2 a 0 sobre o Millonarios, nesta quarta-feira, no Pacaembu, pela segunda rodada do Grupo 5 da Libertadores.

Deixando de lado as polêmicas, as reclamações do Corinthians e a decisão da Conmebol, o fato é que a morte do jovem boliviano foi lembrada com um minuto de silêncio antes de a bola rolar. E por que não dizer: Kevin Espada foi lembrado durante todos os 90 minutos, a cada toque na bola que era possível ser ouvido de cada canto do estádio, a cada instrução dos técnicos ou ao se perceber o eco que das vozes dos radialistas no estádio.

De qualquer forma, o Corinthians, mesmo sem a presença maciça da Fiel, foi muito superior ao Millonarios. Venceu facilmente com gols de Paolo Guerrero e Alexandre Pato. A dupla, aliás, fez uma grande partida. Em especial Pato, que muito dificilmente perderá a vaga de titular para Emerson Sheik. Esse último entrou no segundo tempo, mas foi mal. O caminho está aberto para o principal reforço alvinegro.

Pela Libertadores da América, o Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, dia 6 de março, contra o Tijuana, no México. A equipe mexicana é líder do Grupo 5 da competição sul-americana, enquanto os alvinegros estão em segundo, com quatro. Pelo Paulistão, o Timão joga no domingo, às 16h, contra o Santos, no estádio do Morumbi, pela décima rodada do estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário