15 de fev de 2013

Ex-meia

da seleção americana, Rogers revela ser gay
Meio-campista com passagem pela seleção americana, Robbie Rogers tomou uma atitude corajosa nesta sexta-feira. Em atitude rara entre jogadores de futebol profissionais, o atleta de 25 anos revelou sua homossexualidade e a decisão de se afastar do esporte. Rogers está sem clube desde janeiro, quando rescindiu seu contrato com o Leeds.

“Segredos podem causar muitos danos internos. As pessoas gostam de pregar sobre a honestidade, a forma como a honestidade é tão clara e simples. Tente explicar para suas pessoas amadas que você é gay depois dos 25 anos. Ao longo deste tempo eu estava com medo, medo de mostrar quem eu realmente era”, declarou em seu site oficial, em texto intitulado ‘O próximo capítulo’.

“Medo do julgamento e da rejeição que poderiam me impedir os meus sonhos. Medo de que os meus amigos e parentes pudessem se afastar de mim se soubessem o meu segredo. Os sonhos de ir a uma Copa do Mundo, às Olimpíadas, de fazer minha família orgulhosa. Como seria a vida sem esses sonhos? Eu poderia viver sem eles?”, completou Rogers.

O meia também agradeceu o apoio dos companheiros no período: “Eu nunca esquecerei dos amigos que fiz e daqueles que me apoiaram. Agora é tempo de me afastar. Está na hora de eu me descobrir longe do futebol”.

Revelado pelo Orange County Blue Star, Rogers também passou por Heerenveen, Leeds, Stevenage e Columbus Crew – clube pelo qual foi bicampeão da Major League Soccer e eleito para a seleção do torneio em 2008. Somando 18 partidas pela seleção americana, o meia disputou as Olimpíadas em 2008 e a Copa Ouro em 2009 e 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário