16 de fev de 2013

Combate

Michael Bisping diz que Belfort é um 'trapaceiro de merda e pede revanche
O inglês Michael Bisping foi um bom esportista nas últimas semanas e não deu desculpas para sua derrota diante do brasileiro Vitor Belfort no UFC São Paulo, mesmo após a descoberta que seu adversário recebeu autorização para fazer terapia de reposição de testosterona (TRT) antes do combate. Entretanto, o peso-médio admitiu nesta sexta-feira que ainda não gosta de falar no assunto e que gostaria de uma revanche contra o lutador carioca.

- Ele já foi pego por isso no passado, e agora ele tem permissão para colocar esteróides no rabo. O que posso dizer? Ele é um trapaceiro de merda. Mas eu quero, sim, uma revanche com o cara - disparou Bisping, durante uma sessão de perguntas e respostas com fãs ingleses em Londres nesta sexta, antes da pesagem do UFC: Barão x McDonald.

Apesar de se recusar a tomar providências mais fortes e fazer campanha contra o uso de testosterona no MMA, o que tem sido cada vez mais comum - além de Belfort, Dan Henderson, Chael Sonnen e Forrest Griffin estão entre os lutadores que receberam autorização para usar esse tratamento -, Bisping criticou repetidamente a prática.

- Há, provavelmente, 0,1% do mundo que realmente tem baixo nível de testosterona. Mas, por alguma razão, uma porrada de lutadores tem baixa testosterona. Eu não preciso testosterona. Sou um bastardo de mau humor na maior parte do tempo. É assim que as coisas são, é dessa forma que está tudo armado. Para mim, eu levo meu traseiro de volta à academia, treino para caralho e faço o que posso. Não vou ficar lá parado debatendo a política disso tudo - resignou-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário