7 de fev de 2013

Campeonato carioca

Categoria, sorte e gol: em noite de Seedorf, Bota vira sobre o Resende
Engenhão

Botafogo 4 x 2 Resende

A noite começou atípica no Engenhão, com um Botafogo sonolento e dominado pelo Resende. Até Seedorf, quem diria, surpreendeu ao furar um chute. Mas foi só um lance isolado. O holandês não repetiu o hat-trick da última rodada, mas deu show: fez o gol que despertou o time, participou de outros dois gols - um sem querer, ao furar e fazer um corta-luz -, deu toques de peito e calcanhar e ajudou o time a virar o jogo sobre o Resende no segundo tempo. Márcio Aevedo, Sassá e Cidinho - aposta de Oswaldo para a vaga de Lodeiro, na seleção uruguaia - também marcaram na vitória por 4 a 2. Marcel e Elias fizeram para a equipe do Sul Fluminense.

 O Botafogo, que chegou a ser vaiado no primeiro tempo por um público de 2.512 pagantes (3.448 presentes e renda de R$ 64.710), mudou o panorama na etapa final. No intervalo, Oswaldo precisou agir e dar uma dura no time, segundo Cidinho falou: "Ali no vestiário, quando a gente sai perdendo no primeiro tempo, não pode sair na imprensa". No fim, o Alvinegro foi aplaudido. O placar deixou o Botafogo com o melhor ataque do Campeonato Carioca, com 15 gols em seis jogos. Dois a mais que Vasco, que ainda entra em campo nesta rodada, e Flamengo.

O Botafogo chegou a 14 pontos e disparou na liderança do Grupo A. Com a vitória, o time vai embalado para o clássico contra o Flamengo, no domingo, 17 de favereiro, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. Já o Resende, com seis pontos na Chave B, precisa torcer para o Fluminense perder o clássico contra o Vasco, neste sábado, para manter as mínimas chances matemáticas de se classificar. A equipe volta a campo no sábado, 16 de fevereiro, contra o Friburguense, no Estádio do Trabalhador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário