15 de fev de 2013

Basquete

Oscar Schmidt é eleito para integrar Hall da Fama americano do basquete
 Nesta sexta-feira, foram anunciados os 12 finalistas do Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball, uma das maiores honrarias do basquete mundial. Além disso, cinco atletas garantiram vaga direta no quadro - entre eles, o ex-jogador brasileiro Oscar Schmidt. 

Além de Oscar, mais quatro personalidades do esporte foram eleitas diretamente para o Hall da Fama: Edwin B. Henderson, Roger Brown, Richard Guerin e Russ Granik.

Oscar se junta a Ubiratan Maciel, campeão mundial em 1963, e Hortência Marcari, campeã mundial em 1994 e atual diretora da Confederação Brasileira de Basquete. Os dois foram os primeiros brasileiros a entrar para o Hall da Fama americano. Togo Renan Soares, conhecido como "Kanela", que conquistou o bicampeonato mundial e a medalha de bronze como técnico da seleção masculina, também estava entre os indicados, mas não avançou. 

No Brasil, Oscar atuou por Palmeiras, Sírio, Corinthians, Bandeirantes, Barueri e Flamengo. Na Europa, passou por Caserta e Pavia, da Itália, e do Forum Valladolid, da Espanha.

Além disso, o "Mão Santa" atuou pela seleção entre 1977 e 1996, em trajetória que teve como ponto alto a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, em 1987.

Os 12 finalistas que não entraram diretamente no Hall da Fama passarão por nova avaliação de comitê composto por 24 pessoas. Aqueles que obtiverem no mínimo 18 aprovações terão a introdução garantida. 

Veja os 12 finalistas do Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball

Bernard King

Dawn Staley

Gary Payton

Guy Lewis

Jerry Tarkanian

Maurice Cheeks

Mitch Richmond

Rick Pitino

Spencer Haywood

Sylvia Hatchell

Tim Hardaway

Tom Heinsohn

Nenhum comentário:

Postar um comentário