18 de fev de 2013

As expulsões de Neymar

De máscara polêmica a aplauso irônico
Neymar, do Santos, discute com Artur, lateral-direito da Ponte Preta. Os dois trocam xingamentos, empurrões e são expulsos pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira. O fato aconteceu na derrota do Peixe por 3 a 1 para a Macaca, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no último domingo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Essa foi a quinta vez que ele foi expulso, desde o dia 7 de março de 2009, quando iniciou a carreira como profissional.

As reações de Neymar diante do cartão foram distintas nos últimos anos. Os motivos também são variados. Houve até uma exclusão por usar uma máscara com a sua própria imagem. Ele também já levou o vermelho por aplaudir ironicamente a decisão da arbitragem. Relembre abaixo todas as expulsões de Neymar.

 Santos 3 x 4 Palmeiras – 14 de março de 2010 – Paulistão

O primeiro vermelho mostrado a Neymar foi por uma falta dura do atacante no volante Pierre (hoje no Atlético-MG), em clássico diante do Verdão, na Vila Belmiro. Ele foi punido pelo árbitro Antônio Rogério do Prado, que, inclusive, relatou na súmula do jogo que o santista o ofendeu após a jogada.

Santos 3 x 2 Colo-Colo (Chile) – 6 de abril de 2011 – Libertadores

A segunda expulsão de Neymar também se deu na Vila Belmiro, pela fase de grupos da competição continental. O atacante comemorou seu golaço contra os chilenos usando uma máscara com a própria imagem, distribuída aos torcedores em uma ação de um de seus antigos patrocinadores. Por isso, recebeu o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho do árbitro Roberto Silvera.

Atlético-MG 1 x 2 Santos – 13 de outubro de 2011 – Brasileirão

O terceiro vermelho levado por Neymar saiu em Sete Lagoas (MG). O atacante reclamou de uma falta recebida já no fim da partida e levou o amarelo. Após a punição, aplaudiu ironicamente o árbitro Wilton Pereira Sampaio, que logo em seguida expulsou o jogador.


Grêmio 1 x 1 Santos – 30 de setembro de 2012 – Brasileirão

O cronômetro marcava seis minutos do segundo tempo no estádio Olímpico, no Rio Grande do Sul. Neymar dividiu bola com Pará no meio de campo. O lateral-direito do Grêmio derrubou o atacante, que, na sequência, acabou pisando no ex-companheiro de Peixe. O árbitro Nielson Nogueira Dias, que estava a dois metros da jogada, parou o lance e mostrou diretamente o cartão vermelho ao santista, provocando a quarta expulsão.

 Ponte Preta 3 x 1 Santos - 17 de fevereiro de 2013 - Paulistão

Já aos 46 minutos do primeiro tempo, o craque discutiu com Artur. Ambos foram expulsos. O craque santista deixou o gramado inconformado, pois disse que não fez nada errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário