21 de fev de 2013

Aldeir Tôrres

Fluminense perde e embola o grupo
O Fluminense levou uma paulada, no Engenmhão, dada pelo Grêmio, que estava em desespero e saiu de campo festejando. Entrou lanterna e saiu lider. A posição invertida do Flu, então lider, é de doer. Não apenas por perder um jogo, mas pelas circunstâncias. Jogou mal, tomou 3 × 0 e despencou na classificação.

Vale ressaltar que a classificação é psicólogica. Todos estão com uma vitória e uma derrota, no grupo 8. Todos ganharam 3 pontos. Os critérios de desempate aplicados, a rigor, só valem na última rodada, para todo mundo, e lógico, para esse estranho grupo 8, no qual todos os times que jogaram casa perderam.

O Fluminense jogou abaixo do que pode e Abel colocou Deco e Thiago Neves no banco, e lançou Sóbis e Wagner. Não deu certo. Quando o a canou virou, mexeu. Mas para entrada de T.Neves saiu o Nem. Deco substituiu Wagner. Galera chamou o técnico de burro. Claro que Abel é inteligente, mas não é infalível, e falhou.

Barcos dividiu uma bola que veio de cobrança de córner com Bruno, e tocou no Bruno: Grêmio 1×0 Fluminense, aos 32.
Na fase final, gol ilegal do impedido André Santos, em rebote de Cavalieri, aos 9, fazendo 2 ×0. E depois, Vargas fechou a conta, aos 23: Grêmio 3 × 0 Fluminense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário